• Be Positive!

    Este espaço tem como destinatários toda a comunidade educativa, concretamente, professores, alunos, encarregados de educação e todas as empresas que compõem o nosso tecido empresarial. Pretendemos partilhar experiências positivas centradas no tema "Cursos Profissionais de Informática", que vão desde a reflexão acerca da nossa vivência como educadores à partilha de materiais e recursos didácticos. Queremos enriquecer este espaço e enchê-lo de energia positiva, contamos para isso com o vosso testemunho e contributo.

Kofi Annan

Segundo o relatório do Milénio de Kofi Annan, “A educação – desde o ensino primário até à educação permanente – é o motor da nova economia global. Está no centro do desenvolvimento, do progresso social e da liberdade humana.” O ensino é e sempre foi a chave para as pessoas se libertarem da subjugação, do medo e da carência. A educação é uma arma eficaz para combater a pobreza, salva vidas e dá às pessoas uma oportunidade de melhorarem a sua vida. Dá-lhes capacidade de expressar a sua opinião e aumenta a produtividade bem como a competitividade de uma nação, contribuindo também para o progresso social e político.

Elsa Marques

Jacques Delors

Como aponta o Relatório da Comissão Internacional sobre a Educação para o século XXI, Educação: um tesouro a descobrir, coordenado por Jacques Delors, será na educação, na formação e no conhecimento ao longo da vida, que se encontrará o tesouro capaz de abrir caminhos para a construção de um novo mundo. O documento descentra o processo educativo de determinados períodos da vida humana, enfatizando que: “O processo de aprendizagem do conhecimento nunca está acabado, e pode enriquecer-se com qualquer experiência. Neste sentido, liga-se cada vez mais à experiência do trabalho, à medida que este se torna menos rotineiro. A educação primária pode ser considerada bem sucedida se conseguir transmitir às pessoas o impulso e as bases que façam com que continuem a aprender ao longo de toda a vida, no trabalho, mas também fora dele”.

Elsa Marques

Uma empresa na escola

Cartoon de virus na pré-históriaTenho vindo desde à uns anos a desenvolver um projecto com as turmas do profissional de Informática que tem por nome “Uma empresa na escola”.

 Trata-se de criar uma empresa fictícia que trabalha como uma empresa de informática real, nela os alunos recebem e reparam os computadores dos colegas, professores e da própria escola e por esse trabalho recebem uma quantia simbólica de cinco euros que reverte para a viagem de finalistas.

Para que tal pudesse acontecer foi colocada na própria sala de aulas uma bancada e algumas ferramentas básicas, os alunos criaram ainda a publicidade e as fichas de entrada dos computadores.

O sucesso tem sido enorme dado que aumentou imenso a responsabilidade e a auto-estima dos alunos, o interesse pelas disciplinas e a concentração também aumentaram assim como o respeito pelos professores.

A.M.Ricarte

Algoritmia – O LOGO

A minha abordagem à algoritmia consistia em resolver problemas inspirados na rotina diária dos alunos ou dos seus familiares, do tipo “trocar uma lâmpada”, “estrelar um ovo”, “trocar um pneu furado”, etc. Confesso que os resultados eram pouco satisfatórios mas não conhecia formas diferentes de abordar esta temática. Continuar a ler

Programação

É um facto incontestável que os nossos alunos têm muitas lacunas na sua formação de base: poucos ou nenhuns hábitos de leitura, poucos ou nenhuns métodos de trabalho, poucos ou nenhuns hábitos de estudo. Dormem pouco, passam horas no computador a utilizar aplicações de interacção social, do tipo Hi5 e facebook, mensageiros e jogos. O que os motiva são os media, percebe-se porquê, eles nasceram na era da informação.

Outro facto incontestável é a grande dificuldade que os alunos têm para apreender a introdução à programação, a lógica de programação, a algoritmia.

É preciso motivar os alunos para esta área.

Conceição Pereira